NOJA Power

Artigos técnico

Publicado 07/2022

Dicas para Aprimorar o Uso de Religadores em Subestações

Durante décadas, os religadores montados em postes têm sido aplicados como disjuntores em subestações. Os religadores oferecem ampla funcionalidade para este tipo de ambiente e, geralmente, proporcionam uma economia de custos em relação aos disjuntores e arranjos de instrumentação tradicionais.

Neste artigo, abordaremos a justificativa para aplicação de Religadores em subestações, além de suas limitações, algumas opções e acessórios para melhorar o design elétrico e, por fim, algumas dicas gerais ao considerar esta aplicação.

Três sistemas de religadores OSM NOJA Power instalados em uma subestação na Argentina.
Três sistemas de religadores OSM NOJA Power instalados em uma subestação na Argentina.

Por que usar Religadores em Subestações?

Existe uma razão principal – economia de custos por meio da integração.

Religadores são disjuntores com o requisito adicional de um ciclo de trabalho curto. São disjuntores com capacidade de abrir e fechar rapidamente.

No contexto da subestação, a função de religamento é menos utilizada, mas o produto também é um disjuntor, e existem outras vantagens em usar Religadores.

Religador OSM NOJA Power usado em uma subestação rural, na Geórgia.
Religador OSM NOJA Power usado em uma subestação rural, na Geórgia.

Integração:

Os produtos religadores, como o OSM, são fornecidos completos, com um sistema de controle que inclui relés de proteção, RTU SCADA e recursos de automação.

Equipamentos tradicionais de subestações requerem a aquisição separada de relés, comunicações e disjuntores primários.

Essa integração pode proporcionar economias de custo significativas, não apenas em despesas de capital iniciais, mas também na redução do custo de comissionamento. Quando o produto é testado em fábrica como um sistema completo, o comissionamento no local é bastante reduzido.

Ao usar um sistema de religador integrado, como o OSM, não há necessidade de executar comunicações separadas entre relés e disjuntores ou de realizar testes ponto a ponto nesta fiação.

Em vez disso, engenheiros e técnicos podem contar com as práticas de trabalho desenvolvidas para as instalações de religadores montados em postes.

Religadores OSM NOJA Power usados em uma subestação de mineração australiana.
Religadores OSM NOJA Power usados em uma subestação de mineração australiana.

Quais são as limitações?

A principal limitação da aplicação do Religador em subestações é a corrente de falta e a classificação de corrente de carga.

As especificações do religador geralmente atingem a capacidade de interrupção de pico de 16 kA e 38 kV.

Isso limita a aplicação a subestações menores, como subestações rurais e locais de integração renovável. Esses locais tendem a apresentar correntes de falta mais baixas.

No entanto, essa é a única limitação. Os religadores têm sido utilizados em grandes subestações urbanas, desde que as correntes de falta permaneçam dentro dos limites da capacidade do equipamento.

Religadores OSM NOJA Power instalados na Subestação Elmira, em Eugene Oregon, EUA.
Religadores OSM NOJA Power instalados na Subestação Elmira, em Eugene Oregon, EUA.

Quais são as melhores opções e acessórios?

Estrutura de montagem da subestação

Em casos de retrofit, os religadores podem ser montados em estruturas antigas de equipamentos de chaveamento legados.

No entanto, quando um novo arranjo de montagem é necessário, a estrutura de montagem da subestação é a opção ideal.

A NOJA Power desenvolveu um suporte de montagem de aço para a instalação do Religador OSM em um ambiente de subestação. O poste de aço pode ser fixado a uma base de concreto, proporcionando um arranjo de montagem estável para o Religador OSM e o Controle RC.

Religador Legado da Série OSM200 NOJA Power montado em uma estrutura de montagem de subestação. Essa estrutura de montagem é universalmente aplicável a todos os religadores da NOJA Power
Religador Legado da Série OSM200 NOJA Power montado em uma estrutura de montagem de subestação. Essa estrutura de montagem é universalmente aplicável a todos os religadores da NOJA Power

IHM Remota

O Painel de IHM Remota é uma versão montável em rack de 19 polegadas da Interface Humano-Máquina do controle RC da NOJA Power. Esse painel é conectado por fibra ótica ao controle do Religador.

Painéis de IHM remota da NOJA Power, instalados em uma sala de controle da subestação
Painéis de IHM remota da NOJA Power, instalados em uma sala de controle da subestação
Painéis de IHM remota da NOJA Power, instalados em uma sala de controle da subestação
Painéis de IHM remota da NOJA Power, instalados em uma sala de controle da subestação
Painel de IHM Remota NOJA Power
Painel de IHM Remota NOJA Power

Essa opção de painel permite que os engenheiros incluam um painel de IHM eletricamente isolado na sala de controle da subestação, mitigando assim a necessidade de que os técnicos entrem no pátio de manobra para acessar o dispositivo.

Módulo de I/O

Os Retrofit geralmente exigem integração com relés e equipamentos legados. O módulo de I/O dos controles da série RC da NOJA Power oferece 8 entradas e 8 saídas optoacopladas e isoladas para sinalização e comando convencional a fio.

Os relés legados podem ser integrados ao equipamento de chaveamento da NOJA Power por meio dessa interface. Os usos comuns para essa aplicação incluem inter-trips, funções de falha de disjuntor, proteção diferencial e intertravamentos.

Módulo de E/S NOJA Power para Controles de Religadores Série RC © NOJA Power
Módulo de E/S NOJA Power para Controles de Religadores Série RC © NOJA Power


Requisitos de Exaustão de Arco de Falta

A instalação de Religadores mais próximos do solo aumenta a exigência de classificação de arco interno (IAC).

Os operadores são mais propensos a estarem próximos ao equipamento durante o chaveamento e a manutenção, aumentando as consequências dos arcos de falta internos.

A classificação IAC preferível em equipamentos de subestação, conforme disponível. O Religador OSM da NOJA Power oferece classificação IAC testada por tipo para IEC 62271-204, oferecendo às equipes de engenharia a garantia de maior segurança em caso de funcionamento inadequado do equipamento.

Conclusão

“Nossos Religadores Automáticos OSM são disjuntores ideais para subestações e têm encontrado cada vez mais aplicações em subestações com o advento e suporte para IEC 61850“, comenta o Diretor Geral do Grupo NOJA Power, Neil O’Sullivan.

Os religadores são uma opção econômica para chaveamento, proteção e controle de subestações, onde as especificações do equipamento permitem sua aplicação.

O Religador OSM da NOJA Power tem sido aplicado em inúmeros ambientes de subestação, e o pacote de acessórios e o suporte para esse equipamento melhoram o processo de engenharia.

Para mais informações, visite www.nojapower.com.br ou entre em contato com seu distribuidor local NOJA Power.

Quer manter-se atualizado sobre a Tecnologia de Distribuição Energia?

Inscreva-se na nossa lista para um boletim técnico semanal gratuito, pois compartilhamos nossa experiência em Engenharia Elétrica Global diretamente em sua caixa de entrada

Inscreva-se

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência. Ao continuar a visitar este site, você concorda com a nossa utilização de cookies. Mais Informações. Mais Informações