A NOJA Power aprimora o firmware de Religador Automático com o protocolo IEC 61850, auto-sincronização e uma série de melhorias de configuração e desempenho

O firmware de Religador Automático mais abrangente da indústria ganha grandes atualizações para atender às aplicações de rede inteligente mais exigentes, incluindo a sincronização para simplificar a conexão confiável de fontes de energia renováveis.

Comunicado de imprensa

Julho 2016
A NOJA Power aprimora o firmware de Religador Automático com o protocolo IEC 61850, auto-sincronização e uma série de melhorias de configuração e desempenho.

A NOJA Power aprimora o firmware de Religador Automático com o protocolo IEC 61850, auto-sincronização e uma série de melhorias de configuração e desempenho

Brisbane, Qld, Austrália – Julho, 2016 – A NOJA Power anuncia hoje o lançamento do Firmware de Relé 1.15, a última versão de sua plataforma de firmware para a série OSM de Religadores Automáticos (ACR ou "auto-religador") - Com o lançamento do firmware 1.15, a NOJA Power incluiu uma funcionalidade importante para melhorar ainda mais a sua série OSM em adequação com o ACR, como elementos fundamentais de redes inteligentes— avançadas, redes de distribuição de eletricidade computadorizada—incluindo os protocolos de comunicação IEC 61850, sincronização para simplificar a ligação entre a geração de energia renovável distribuída (REDG), a maior flexibilidade de configuração e desempenho aprimorado do elemento de proteção.

Uma das novas funcionalidades do Firmware 1.15 é a implementação dos protocolos do Manufacturing Message Specification (MMS) e do Generic Object Oriented Substation Events (GOOSE) que fazem parte da IEC 61850, uma família de normas internacionais para o setor de distribuição de energia elétrica. (Consulte "Sobre a IEC 61850" abaixo.) A MMS habilita a cabine de controle e comunicação RC da série OSM a fim de trocarem informações e aceitar o controle IEC 61850 de interface homem-máquina (HMI) de clientes, tais como controles de supervisão e aquisição de equipamento de dados (SCADA).

As mensagens GOOSE são usadas para o compartilhamento em alta velocidade do processo das funções de coordenação e de automação através de redes Ethernet que ligam dispositivos eletrônicos inteligentes (IEDs), independentemente do fabricante do equipamento. (Controle de RC da NOJA Power e a cabine de comunicação possuem uma interface Ethernet instalados como padrão.) Tais mensagens facilitam, por exemplo, esquemas de proteção que requerem tempos de transferência curtas. Além disso, as mensagens GOOSE compensam pela variabilidade de rede ao mesmo tempo que protegem a integridade dos dados e podem ser transportados através de redes de comunicação com IEDs, além de uma subestação.

Outra melhoria do Firmware 1.15 é a verificação de sincronismo (dispositivo ANSI 25) e a auto-sincronização (dispositivo ANSI 25A). A verificação de sincronismo garante que o ACR da série OSM feche somente após a confirmação da qualidade da energia em ambos os lados de um interruptor aberto ao checar que a diferença de tensão está dentro dos limites pré-definidos de magnitude, ângulo de fase e frequência. A auto-sincronização garante que o ACR somente feche quando há diferença de ângulo de fase zero entre as tensões de cada lado do interruptor.

A verificação de sincronismo e a auto-sincronização estão em demanda pelas concessionárias conforme elas aumentam a quantidade de REDG conectada a redes de eletricidade. A verificação do sincronismo do Firmware 1,15 e as características da auto-sincronização simplificam a ligação de REDG ao assegurar que a saída da fonte esteja correspondendo precisamente ao resto da rede de distribuição antes da ligação. A sincronização evita que a REDG pouco compatível cause problemas de qualidade de energia, como quedas de tensão e dilatações que podem resultar em baixa qualidade de energia potencialmente prejudiciais aos ativos das concessionárias.

O Firmware 1.15 também inclui uma melhoria de configuração chave que permite que um técnico de uma concessionária defina a direção do fluxo de energia através do ACR. Anteriormente, este era configurado na fábrica (RST para ABC), mas agora pode ser revertida no campo (ABC para RST), proporcionando mais flexibilidade na instalação e operação do ACR.

Além disso, a NOJA Power modificou o elemento de proteção da Sobretensão de Deslocamento Neutra (OV3) no firmware para permitir que as concessionárias personalizem a configuração para garantir a compatibilidade com o equipamento da rede de distribuição, como os Limitadores de Corrente de Falta à Terra Rápidos (Rapid Earth Fault Current Limiters -REFCL). Outras melhorias incluem a resolução e precisão do elemento de proteção Sensível de Falta à Terra (Sensitive Earth Fault -SEF) para melhor compatibilidade com os Neutralizadores de falta à Terra (Ground Fault Neutralisers-GFN) e outras técnicas de redução de falta à terra.

O Firmware 1.15 também introduz uma interface de aplicativo comum entre todas os ACRs monofásicos, trifásicos e triplo individual da série OSM da NOJA Power.

O Software de Controle e Gestão (CMS) da NOJA Power recebeu uma melhoria (para a versão 3.1.0) para facilitar a configuração perfeita de características do Firmware 1.15. O CMS é uma ferramenta de configuração usada com as cabines de ACR e RC da série OSM da NOJA Power.

" A NOJA Power regularmente lança uma nova versão do Firmware de Relé de ACR da série OSM, mas esta é a atualização mais significativa em vários anos", diz Neil O'Sullivan, Diretor-Geral da NOJA Power. " Os Auto-religadores da empresa provaram ser elementos fundamentais de redes inteligentes em todo o mundo, com a vantagem de nos permitir trabalhar muito estreitamente com as concessionárias globais progressivas. Muitos dos principais pedidos feitos por essas empresas ao longo dos últimos anos, tais como o suporte de protocolo IEC 61850 e a sincronização para facilitar a conexão de fontes de energia renováveis— foram incorporados nesta versão do firmware. O resultado é um auto-religador com um ajuste ainda melhor para o comissionamento e para as demandas operacionais de redes inteligentes."

Os ACRs da série OSM da NOJA Power fornecem um conjunto abrangente de recursos de automação. As unidades realizam medição de tensão em todas as buchas, medição de corrente em todas as fases, proteção bidirecional e ampla qualidade de energia e capacidade de registro de dados. A série OSM foi completamente testada pelo laboratório independente KEMA na Holanda para garantir vida longa e confiabilidade sob as mais severas condições ambientais. Desde a sua introdução, os ACRs da série OSM foram instalados pelas concessionárias em mais de 84 países ao redor do mundo. (Consulte "Sobre a série OSM NOJA Power" abaixo).

Sobre o IEC 61850

O IEC 61850 é uma família de normas internacionais que especifica o uso de um conjunto de protocolos de comunicação para a integração de todas as funções de proteção, controle, medição e monitoramento em uma rede elétrica moderna. O IEC 61850 está sendo desenvolvido e mantido pela Comissão Eletrotécnica Internacional (IEC) e é parte do Comitê Técnico 57 para arquitetura dos sistemas elétricos de potência. O IEC, os fabricantes de equipamentos elétricos e as concessionárias de eletricidade desenvolveram a norma de forma colaborativa que data desde os trabalhos iniciados pela Instituto de Pesquisa de Energia de Potência da América do Norte (EPRI) em 1998.

O IEC 61840 se constrói sobre versões anteriores de protocolos, incluindo o Manufacturing Message Specification (MMS) e o Generic Object-Oriented System Event (GOOSE). O MMS fornece as funções verticais de supervisão e controle que permite ao dispositivo gravar dados e então reportar tais dados a qualquer outro equipamento, enquanto o GOOSE faz a provisão para questões da rede Ethernet e protege a integridade dos dados.

A maioria das redes de transmissão e distribuição de energia é operada usando um protocolo de um número pequeno de protocolos padrão. Em geral, estes não possuem os modelos de dados abstratos que permitem ao IEC 61850 preservar o sentido original da informação. A retenção do significado original do IEC 61840 é importante por permitir que os equipamentos automatizados recebam, compreendam, categorizem e, criticamente, atuem sobre a informação.

A norma agora está sendo estendida para além do seu escopo inicial de automação de subestações para os domínios da gestão de sistemas de transmissão e distribuição elétricas em grandes áreas e controle de fontes de energia distribuídas, energia hídrica e fazendas eólicas. Espera-se que essa norma também cubra a comunicação para o controle e monitoramento de todos os aspetos do sistema elétrico de potência. Essa extensão do IEC 61850 promete aumentar vastamente a comunicação e a coordenação da infraestrutura da transmissão e distribuição de eletricidade – uma exigência vital para a implementação de smart grid (rede inteligente).