Os ACRs da Série OSM da NOJA Power levam fontes de alimentação confiáveis às isoladas Ilhas Filipinas

Os Religadores Automáticos OSM15 substituem os disjuntores e sistemas de fusíveis não confiáveis para conectar e proteger a geração de eletricidade a diesel para comunidades de ilhas remotas

Comunicado de imprensa

abril 2017
Instalação de Religadores NOJA Power em Subestação da NAPOCOR em Mindanao do Norte, Filipinas

Instalação de Religadores NOJA Power em Subestação da NAPOCOR em Mindanao do Norte, Filipinas

A NOJA Power anunciou hoje que a distribuidora de energia elétrica Power Equipment Supplies & Supplies Inc. (PESIN) de Quezon City, na Filipinas, está fornecendo os Religadores Automáticos OSM15 (ACRs ou "auto-religadores") para a National Power Corporation (NAPOCOR), uma importante empresa filipina. Os ACRs estão sendo usados ​​para conectar e proteger a geração de eletricidade a diesel nas comunidades isoladas no arquipélago de 7100 ilhas.

A NOJA Power tem parceria com a PESIN desde 2004 e, em conjunto, as empresas têm colaborado com a NAPOCOR pelos últimos dois anos. As instalações ACR mais recentes são para o NAPOCOR Small Power Utilities Group (SPUG) e fazem parte de grupos de geradores a diesel independentes usados ​​em várias ilhas para fornecer energia elétrica às comunidades isoladas. Os geradores a diesel operam por aproximadamente 16 horas ao dia e produzem 480 V, sendo intensificados até 13,2 kV por transformadores para distribuição. A proteção dos circuitos e a conexão com as redes das ilhas são feitas através de um ACR OSM15 Monofásico ou Bifásico da NOJA Power.

Anteriormente, os grupos de geradores a diesel empregavam um disjuntor entre o gerador e o transformador e os fusíveis simples para conectar o fornecimento de 13,2 kV à rede. Esta disposição mostrou-se pouco confiável porque, ocasionalmente, os disjuntores não disparavam após a operação do fusível, causando danos aos grupos de geradores. Além disso, os fusíveis fundidos tiveram que ser substituídos manualmente antes que a energia pudesse ser restaurada. Agora, em caso de falha, o ACR OSM15 executa um número definido de operações de religamento antes de bloquear e enviar um sinal de disparo para o disjuntor para garantir o funcionamento do dispositivo. Além disso, o ACR envia um sinal de aceleração para os geradores a diesel a fim de desencadear uma condição de marcha lenta sem carga. Após a retificação da falha, o ACR pode ser fechado rapidamente para restaurar a energia.

Em março de 2016, a NAPOCOR iniciou a instalação e o comissionamento dos ACRs OSM15 com as unidades, melhorando a confiabilidade do sistema e eliminando os danos no gerador a diesel em caso de falhas.

 

Instalação de Religadores NOJA Power em Subestação da NAPOCOR no Noroeste de Luzon, Filipinas.

 

A médio prazo, a NAPOCOR pretende aproveitar as capacidades de comunicação remota do ACR OSM15. O painel de controle RC e as cabines de comunicação do ACR OSM15 incluem portas para a conexão de modems celulares (GSM ou 4G). Quando uma instalação de gerador a diesel de uma ilha pequena estiver a 20 km de uma ilha maior com uma rede celular, um ACR OSM15 juntamente com um modem celular será usado para enviar informações através da rede celular para centros de controle NAPOCOR remotos. O ACR OSM15 suporta os protocolos de comunicação DNP3, 2179, IEC61850, IEC60870-5-101 e 104.

"Embora grande parte do negócio da NOJA Power venha da demanda por equipamentos de automação de distribuição para as redes inteligentes das grandes concessionárias, a flexibilidade dos Religadores da empresa permite que eles sejam usados ​​até mesmo para pequenas tarefas de distribuição", diz Neil O'Sullivan, Diretor-Greal da NOJA Power. "Mas enquanto estes geradores a diesel são pequenos em termos de capacidade, eles são vitais para essas comunidades de ilhas remotas que antes tinham que aguentar o serviço intermitente. Ao instalar os ACRs OSM15, a NAPOCOR aumentou drasticamente a confiabilidade e o fornecimento seguro para essas comunidades. Além disso, a concessionária possui planos para alavancar a capacidade de comunicação interna dos Religadores para controle remoto e relatórios do sistema.

"A combinação de equipamentos altamente confiáveis ​​da NOJA Power e da merecida reputação da PESIN quanto ao atendimento ao cliente foi fundamental para a conquista deste contrato", acrescenta O'Sullivan.

As Filipinas têm uma população de 100 milhões espalhadas por 7.100 ilhas. Tal fragmentação dificulta a construção de um sistema de transmissão e distribuição robusto e, nas ilhas afastadas, a ligação à rede elétrica principal é muitas vezes inviável devido aos elevados custos de produção e aos baixos rendimentos que chegam aos consumidores finais. O SPUG da NAPOCOR implementou um programa para fornecer energia à estas áreas fora da rede. Onde o grupo instalou equipamentos, os desafios no fornecimento de energia muitas vezes significam que na melhor das hipóteses, a eletricidade estará disponível por 12 horas por dia, o que pode cair para 4 horas por dia em caso de mau tempo. Ao proteger os grupos geradores a diesel do SPUG com os ACRs da NOJA Power, a confiabilidade do fornecimento aumenta e, quando ocorre uma falha, a energia é rapidamente restaurada em comparação à substituição de fusíveis. A longo prazo, o SPUG pretende substituir ou suplementar os geradores a diesel por fontes de energia solar, eólica ou hidrelétrica. Os ACRs da NOJA Power são ideais para proteção e conexão de energia renovável.

O ACR OSM15 ACR representa o equipamento de automação de distribuição mais atualizado disponível. O ACR tem uma tensão máxima nominal de 15,5 kV, uma corrente nominal contínua de 800 A e uma capacidade de ruptura de falha de 16 kA. O ACR fornece um conjunto abrangente de recursos de proteção e automação, medição de tensão em todas as seis buchas, medição de corrente em todas as três fases, proteção bidirecional, excelente qualidade de energia e capacidade de registro de dados. Além disso, o ACR OSM15 se beneficia do uso de interruptores a vácuo e isolamento dielétrico sólido, em vez do óleo nocivo ao meio ambiente ou hexafluoreto de enxofre (SF6) utilizado em interruptores antigos. A série OSM foi completamente testada pelo laboratório independente KEMA na Holanda, para garantir longa vida e confiabilidade sob as mais severas condições ambientais. Desde a sua introdução, os ACRS da série OSM foram instalados por concessionárias em mais de 85 países ao redor do mundo. (Consulte "Sobre o Religador OSM15" abaixo.)