Explorando Elementos de Proteção Pouco Utilizados

Algumas aplicações práticas para recursos menos empregados

Comunicado de imprensa

janeiro 2019
Instalação do Religador OSM da NOJA Power - Georgetown, Queensland, Australia

A engenharia de proteção elétrica tem uma lista de recursos favoritos que são comumente aplicados em redes de distribuição. Recursos como a Sobrecorrente e Falta à Terra convencional são onipresentes em ativos de proteção de rede, mas os avanços nas tecnologias de proteção são contínuos e uma vasta lista de recursos de proteção está disponível agora. Hoje, podemos explorar alguns dos elementos de proteção existentes nos Religadores OSM da NOJA Power, menos comumente aplicados, disponíveis para todos os usuários deste sistema através do firmware atual ou por meio de uma atualização simples.

Afundamento de Tensão (SAG)

Chamada de UV4 a proteção de Afundamento de Tensão fornece uma técnica para distinguir entre o cenário de condutor caído e um fusível queimado. Com base em um documento da Cigre apresentado no evento SEAPAC de 2015 (Kairys, McClure, 2015), o princípio fundamental da operação é a diferença na assinatura de tensão entre os dois cenários. O UV4 avalia os afundamentos de tensão em fases individuais da linha protegida, classificando-os como fusíveis queimados ou condutores caídos. Como a detecção está em uma unidade a jusante, as informações são realimentadas via SCADA, permitindo que os operadores desarmem disjuntores a montante, isolando a falha. A sobrecorrente tradicional não pegaria essa falha, e a falta à terra pode não ser sensível para detectar tais cenários.

ANSI 46 BC – Proteção contra Condutor Partido

A Proteção para detectar Condutores Partidos é uma análise de relação para engenheiros de Sistemas de Potência. Ao dividir a Corrente de Sequência Negativa pela Corrente de Sequência Positiva, as magnitudes de qualquer quantidade são removidas. Nos casos de condutores partidos, a razão tende a ser acima de 20% I2 / I1. Portanto, independentemente da corrente de carga ou da impedância da rede, a razão permite a detecção de falhas, o que a Sobrecorrente e Falta à Terra convencionais não fazem. Com uma estimativa de quantidade operacional de 20%, as concessionárias podem obter visibilidade dessas falhas.

Proteção de Harmônicos

Em um ambiente operacional de rede com maior penetração da Eletrônica de Potência em inversores e outras cargas não lineares, os harmônicos estão se tornando um problema maior na rede de distribuição de média tensão. Problemas com harmônicos frequentemente não são detectados, até que haja uma falha de equipamentos, como um transformador, devido ao aquecimento excessivo. O Religador OSM da NOJA Power fornece Proteção de Harmônicos, permitindo que as concessionárias recebam um alarme via SCADA ou até mesmo operem o Religador com base nos níveis de harmônicos presentes. Essa proteção pode ser um método simples para reduzir o risco de falhas custosas em equipamentos e também fornece informações sobre locais com problemas de conexão.

“À medida que as redes de distribuição se tornam mais complicadas, com conexões de geração distribuída, os esquemas de proteção necessários para proteger estas linhas também estão se tornando mais complicados e exigem esses elementos avançados para fornecer a solução necessária”, diz Neil O'Sullivan, diretor do Grupo NOJA Power.

Esses três elementos de proteção são alguns dos recursos menos comumente utilizados no Religador OSM da NOJA Power, mas cada um deles fornece um valor significativo em seu próprio nicho. Se você tiver mais dúvidas ou quiser saber mais, entre em contato com o distribuidor local da NOJA Power ou visite www.nojapower.com.br