Comunicado de Imprensa dezembro 2020

Supressores de Surto podem ser diretamente aterrados no religador?

Resultados de um estudo empírico

Descargas atmosféricas são inevitáveis quando se trata de equipamentos externos, mas, para a maioria desses equipamentos, supressores de surto podem ser usados para reduzir consideravelmente o risco de danos ao equipamento. Supressores de surto operam como dispositivos de impedância não linear, cuja impedância reduz muito acima do nível de tensão predeterminado, criando efetivamente um curto-circuito em direção à terra diante de uma descarga atmosférica.

A posição de instalação e a rota do circuito de surto dos Religadores OSM da NOJA Power foram projetadas considerando o objetivo de atravessar diretamente o metal do tanque. Todos os Religadores OSM são de aço inoxidável com acabamento com pintura eletrostática a pó, mas os locais de fixação do supressor de surto são protegidos antes do processo de pintura para garantir uma ligação efetiva ao tanque do religador.

Determinados conjuntos de manobra não são projetados para serem utilizados como um caminho de aterramento para supressores de surto, exigindo fiação ou cabos de cobre adicionais para conectá-lo à haste de aterramento. Este não é o caso do Religador OSM, no entanto, a seguinte questão permanece:

Qual a vantagem do tanque de religamento como um caminho de aterramento em comparação ao aterramento de cobre externo?

Para a NOJA Power, embora originalmente o religador tenha sido projetado considerando o uso do tanque como o caminho de aterramento, é interessante comparar o desempenho do tanque com o de uma simples barra de cobre.

Trata-se de um teste muito simples:

  1. Aplique uma descarga no ponto de conexão padrão do supressor de surto e meça as configurações da onda.
  2. Aplique uma descarga no ponto de conexão do supressor de surto, mas adicionando uma barra de cobre como caminho de aterramento, eletricamente em paralelo com o método de aterramento de tanque.
  3. Compare os resultados.
Condição de teste 1 - Descarga aplicada diretamente no local de fixação do supressor de surto

Condição de teste 1 - Descarga aplicada diretamente no local de fixação do supressor de surto
Condição de teste 2 – Aplicação de uma descarga no mesmo ponto, mas com barras de cobre como caminho de aterramento. (RHS, barra de cobre)

Condição de teste 2 – Aplicação de uma descarga no mesmo ponto, mas com barras de cobre como caminho de aterramento. (RHS, barra de cobre)

O resultado? Praticamente idêntico. O gráfico abaixo mostra que ambos os caminhos de aterramento compartilham praticamente a mesma resposta transitória, sugerindo que ambos sejam igualmente eficazes. No entanto, aterrar por meio de tanque é economicamente mais vantajoso.

Fase T, Impulso Positivo, Tanque versus Barra de Cobre Comparação do Teste 1

Do ponto de vista físico, o tanque foi projetado de modo a garantir que a grande seção transversal do condutor (ou seja, toda a superfície do tanque) seja responsável pela diferença de material. Embora uma mesma dimensão da barra de cobre e da barra de aço inoxidável tenham impedâncias diferentes, neste caso, a área de transporte de corrente do aço inoxidável é muito maior, resultando em desempenho equivalente.

“Supressores de surto são um investimento relativamente pequeno para proteger os equipamentos de distribuição de energia e nós incentivamos seu uso e instalação em todas as buchas de passagens de cada dispositivo instalado”, diz o Diretor Administrativo do Grupo NOJA Power, Neil O’Sullivan. “Este teste confirmou que os supressores de surto podem ser montados diretamente no tanque do religador e aterrados por meio dele, sendo este o método de instalação recomendado pela NOJA Power.”

Portanto, aterrar os supressores de surto diretamente nos Religadores OSM da NOJA Power é equivalente, em termos de desempenho, ao aterramento por barras de cobre externas, porém sua instalação é economicamente mais vantajosa.

A filosofia de desenvolvimento de produtos da NOJA Power é integrar tudo o que uma distribuidora precisa para uma instalação de religador, oferecendo economia na instalação, comissionamento e projeto.

Para mais informações sobre os Religadores OSM da NOJA Power, visite www.nojapower.com.br ou entre em contato com seu distribuidor NOJA Power local.